segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Sandes em três tempos


Tenho a ideia que a maioria dos portugueses não sabe fazer sandes. Para além da sandes de queijo e fiambre ou sandes de panado, falta muita imaginação no reino da sandocha.

Mas uma boa sandes é algo que me agrada muito. E quando tenho pressa para sair de casa ou quando vou fazer caminhadas, gosto de levar comigo um pão recheado com qualquer coisa boa. E na sexta-feira, sem tempo para fazer jantar e com muita pressa, saiu-me esta sandes de abacate, que não tem nada de especial nem original mas que não resisto partilhar na esperança de que o snack-bar português comece a ser mais criativo. Uma bifana no pão é bom, mas cansa. E eu nem sempre as posso comer sem ter a barriga a reclamar depois.

Sandes de Abacate, Alface e Tomate.

Cortei o abacate a meio, tirei o caroço e a casca. Coloquei a polpa numa taça e esmaguei com um garfo. Abri dois pães integrais a meio, coloquei umas folhas verdes (neste caso uma mistura de alfaces e rúcula), dividi o abacate pelos dois pães, e terminei com umas rodelas de tomate (cherry neste caso porque era o que tinha no frigorífico). Super sandocha saudável, mais rápido não podia ser!!!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...