terça-feira, 31 de maio de 2011

Sopa de Ervilhas e Gengibre


Falta pouco para me sentir obrigada a mudar o nome do blog para Gingipédia, de tanto gengibre que passa por aqui. Mas eu gosto tanto e faz tão bem à barriga!

No Domingo fui a Serralves e tive um ataque de vontade de engolir tudo o que me faz mal: 3 cervejas, 1 pacote de batatas fritas e um gelado. Soube-me pela vida mas no dia seguinte tive uma crise tal que nem me conseguia concentrar no trabalho.

Cheguei a casa no final do dia e fiz esta sopa que me soube muito bem. Ficou óptima e é espantoso que com tão pouco trabalho se faz uma sopa muito exótica e saborosa.


Ingredientes:
(para 4 doses)

2 chávenas de ervilhas congeladas ou frescas
2 colheres de sopa de gengibre fresco ralado
4 chávenas de caldo de frango caseiro ou água
sal e pimenta preta moída

O caldo de galinha fiz no dia anterior: num tacho com água, cozinhei dois peitos de frango com uma cenoura cortada em palitos, meia cebola, muito tomilho, um talo de aipo, um fio de azeite e sal. Cozinhei 20 minutos.

O frango foi desfiado e fiz uma salada para levar para a praia. Os legumes foram aproveitados para acompanhar o jantar. O tomilho foi retirado mas não coei a água. Guardei o caldo, ainda com alguns pequenos pedaços de frango e alguma folhas de tomilho.

Para a sopa, coloquei num panela pequena todos os ingredientes e cozinhei 15 minutos. Passei com a varinha mágica de forma a ficar cremosa e sem pedaços. Servi numa taça e repeti.

O meu sous chef achou muito apimentada e estranha. Mas a taça dele ficou vazia.

Receita de Mark Bittman

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...