sábado, 30 de outubro de 2010

Na minha cozinha há sempre...

Gengibre
Chá versão I
Cortar uma rodela de gengibre, retirar a casca. Partir aos pedacinhos. Colocar numa caneca. Esmagar até ficar numa pasta (usar um almofariz se necessário). Juntar água quente.
Variação: juntar ao chá de gengibre, folhas de lucia-lima.
Chá versão II
Ferver num tacho água com raminhos de tomilho fresco ou seco. Quando a água estiver com cor, retirar do lume e servir numa caneca. Juntar gengibre cortado aos pedacinhos pequenos, uma colher de mel e sumo de limão. Faz milagres às dores de garganta e rouquidão. E é dos chás mais saborosos que conheço. No verão, faço a versão refresco, juntando muito gelo até ficar bem frio!
Sumo de gengibre
Cortar uma rodela de gengibre, retirar a casca. Partir aos pedacinhos. Colocar num copo grande. Esmagar até ficar numa pasta. Juntar água muito fria.
Porque é que tenho sempre gengibre na minha cozinha? Porque o gengibre ajuda-me quando estou enjoada (por causa do Síndrome de colon irritável) e sabe muito bem. Uso para cozinhar pratos indianos e para misturar nos sumos de fruta/legumes.
O gengibre ajuda a digestão e é um antibiótico natural. Tem uma acção anti-inflamatória e é indicado para tratar enjoos e náuseas. O gengibre é o rei dos meus alimentos milagrosos.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...